Tudo o que der na minha cabeça sobre toku, agora nesse blog!

Conhece o passado de Kratos e sua história antes do primeiro God of War?

Você sabe quem é o Kratos? Você que já terminou os jogos da série, sabe com quem estava jogando?

Não? Então se você ignorou a história do game e partiu logo para a porrada, aqui vai um resumo da vida de Kratos.

De uma relação de amor proibida entre o Deus Grego Zeus e uma mortal, nasce uma criança. Existia uma profecia que dizia que se Zeus tivesse um filho com uma mortal, essa criança um dia o mataria.

A mulher então, a mando de Zeus se livra da criança, abandonando-a na estrada. Um tempo depois, um guerreiro de Esparta encontra essa criança e a coloca no treinamento para o exército de Esparta.

Durante o treinamento, Kratos foi evoluindo de forma espantosa se sobressaindo dentre os outros. Sua maior virtude era sua coragem, ele aceitava qualquer tarefa e qualquer prova. Por isso ganhou o nome de Kratos, que era o mesmo nome de um Titã filho de Pallas e Estige.

Kratos viveu sozinho por muito tempo, seu jeito violento de ser o afastava das pessoas. Uma vez um garoto se aproximou dele, acabaram ficando amigos e um começou a ajudar o outro em suas tarefas. Kratos então teve alguém para se preocupar, considerando seu amigo como um irmão. Com o passar do tempo, Kratos foi ganhando respeito pelos seus supervisores e acabou sendo mandado para o exército aos 16 anos.

Nessa época, foi separado de seu irmão. A separação foi sofrida e, sentindo que tinha sido abandonado, o irmão de Kratos passou a odiá-lo e também a sentir inveja por não ter sido mandado para o exército. Depois de um tempo ele morreu e, por seu todo seu ódio, acabou indo parar no Tártaro, o inferno grego. No Tártaro, ele treinou com todas as suas forças até que se tornou mais forte e mais brutal que Kratos. Ele praticamente acabou se tornando um demônio e prometeu vingar-se de seu irmão que um dia o traiu e o abandonou.

Kratos nunca havia sido derrotado, até que uma vez enfrentou o poderoso Rei dos Bárbaros e seu imenso exército. Próximo da derrota, Kratos fez um pacto com Ares, o DEUS DA GUERRA. Em troca de sua vitória, Kratos seria leal a Ares daquele dia em diante.

Cumprindo seu pacto, Ares deu a Kratos as lendárias Blades of Chaos, as lâminas ligadas em correntes incandescentes e presas em seus braços. Como símbolo do pacto entre os dois, Kratos passou a usar as Blades of Chaos para derrotar hordas e hordas de inimigos.

Kratos foi se tornando mais violento e todos o temiam cada vez mais. Ares queria tornar Kratos o soldado perfeito e o enviava a missões mais e mais perigosas. Havia somente um motivo que fazia com que Kratos não perdesse sua humanidade, sua mulher e filha.

Ares não estava satisfeito com seu guerreiro quase perfeito, ele queria mais poder para seu escravo de guerra. Por isso enviou Kratos a uma armadilha. No Templo da Aldeia, um local feito em homenagem à Deusa Athena e protegido por um Oráculo, era guardado o segredo sobre a origem de Kratos. Ares ordenou que Kratos invadisse o local e matasse a todos. O Oráculo do local alertou Kratos, dizendo que ele se arrependeria amargamente se naquele lugar entrasse.

Ignorando o conselho, Kratos adentrou o local e ali matou a todos com sua costumeira fúria, beirando a insanidade. Foi então que ele percebeu que acabara de cometer o maior erro de sua vida. Dentre as pessoas do local, estavam sua mulher e filha, mortas por suas próprias mãos.

Ares havia eliminado o maior problema que afastaria Kratos de ser o soldado supremo. Mas quem poderia imaginar que o mais violento soldado espartano jamais abandonaria o amor que tinha pela sua família?

Kratos cremou os corpos de sua mulher e filha. Todo o remorso que Kratos sentia fez com que ele desejasse mais do que tudo que a alma de sua mulher e filha ficassem com ele para sempre. Então as cinzas que se soltavam das chamas dos corpos se prenderam ao corpo de Kratos, deixando-o com a aparência acinzentada que conhecemos dos games. Todos poderiam então ver nele o crime que cometeu e que para sempre o acompanharia, não importando para onde fosse, tornando-se assim o lendário Fantasma de Esparta.

Essa é a história que se passa antes do primeiro “God Of War”, que é concluída agora em “GoW3”, para PlayStation 3.

3 Respostas

  1. maneiroooooooooooooo d+ adorei parabens p o criador de god of war

    20/08/2011 às 3:34 PM

  2. leo

    a historia é fantastica igual ao jogo pois zerei os tres e não sabia direito da historia,acho que ta pra sai o god of war 4 estou torsendo aqui apesar de saber que o kratus se mata no god 3 mas isso não é novidade ele sempre vouta

    09/12/2011 às 5:03 AM

  3. o kratos tem que volta 🙂 o finaldo 3 foi muito triste 😦 o god of war eo jogo que eu mais jogo so fanzaso

    24/03/2012 às 10:12 PM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s