Tudo o que der na minha cabeça sobre toku, agora nesse blog!

(SpoilerComentado) Tokumei Sentai Go-busters – Episódio #2

No dia 4 de março, foi ao ar na TV Asahi o segundo episódio de Go-Busters. E nós aqui do Burajiru tivemos acesso, alguns dias depois, à versão legendada. Vou comentar aqui o que eu achei da “Missão 2: Uma promessa feita há 13 anos”.

Bastasu! Ready Go!

>>SPOILERS

Dessa vez, o episódio deu ênfase no relacionamento entre os Go-busters, mais espeficicamente, entre o Red e a Yellow.

Logo no início, Yellow e Blue estão em seus veículos gigantes (Buster Vehicles), recolhendo os destroços do Megazord Escavadeira do episódio anterior. Eles voltam para a base do Departamento de Energia enquanto Yoko, a Yellow Buster está reclamando que  Hiromu, o Red Buster, nunca está trabalhando com eles por ter um tratamento especial. A Yoko está realmente nervosa, mas Ryuuji, o Blue Buster, parece entender bem os problemas do Hiromu.

O chefe do Departamento de Energia, Toru, conversa com Hiromu, dizendo que trabalhou com pai de Hiromu e o admirava. Nisso o alarme toca na base e os três Busters são chamados para uma emergência envolvendo o grupo Vagras.

Eles chegam no local onde há suspeitas de roubo de Enetron, cada um toma seu posto, mas duas eventualidades acontecem. Yoko percebe que esqueceu suas balas, fica imóvel e sem forças. E Hiromu trava, num piripaque estilo Chaves, pois ele viu uma galinha. Nesse mesmo momento, Ryuuji entra num galpão e descobre onde estava o Enter e os dois começam a lutar.

E você me diz:  “Pera aê, você escreveu GALINHA?” E eu respondo: “Isso mesmo”. No primeiro episódio Hiromu fica uns segundos paralisado (e com cara de bobo) no momento que acorda e vê uma galinha num jornal. E essa foi a única cena besta do primeiro episódio. Agora no segundo, isso foi explicado, mas não reduziu a bobice, pois adicionaram mais cenas idiotas.

Hiromu tem esse problema quando vê galinhas, e Yoko também perde suas forças pois seu corpo precisa de muitas calorias para funcionar, ou seja, ela precisa estar sempre comendo guloseimas que engordariam qualquer pessoa normal. E pelo que parece, os Go-Busters não são normais.

No episódio é revelado que os Go-busters (e seus Buddyroids) receberam programas em seus corpos que lhes deram poderes especiais (referência PR: Lembra do Power Rangers Operation Overdrive onde os heróis recebem poderes no primeiro episódio?). Só ainda não explicam como injetaram um programa de computador, em seres humanos. E eses piripaques são os efeitos colaterais. Como exemplo, o  ponto fraco do Ryuuji, Blue Buster, é superaquecer se ficar muito tempo lutando.

Durante a luta entre Ryuuji e Enter, Yoko acha uma bala que ela havia perdido, o que faz ela recobrar as forças e Hiromu é levado por seu Buddyroid até local da peleja. Quando os dois chegam, Enter escapa e Hiromu diz que se ele estive lá, isso não teria acontecido, o que deixa Yoko fula da vida, pois ela interpretou o comentário de Hiromu como se ele tivesse a diminuindo.

Hiromu ainda não havia se juntando ao grupo antes do episódio anterior pois sua irmã não queria que ele se envolvesse em algo perigoso, como foi visto no primeiro episódio. Antes de voltar para a base, Yoko, ainda nervosa, pergunta porque Hiromu continua, se a irmã dele não queria isso. Ele apenas responde que não tem intenção de sair do time.

O Chefe Toru explica aos três Go-Busters que há 13 anos, o pai de Hiromu chefiava um projeto no Centro de Pesquisas de (tele)Transporte. Este era um laboratório moderno, com seu próprio tanque de reserva de energia Enetron. Nesse local trabalhavam também a mãe de Hiromu, como pesquisadora e a mãe de Yoko. No dia de natal daquele ano, um poderoso vírus de computador com vontade própria, Venjix, digo, digo, Messiah, invadiu a maioria dos programas do Centro de Pesquisas. Em seguida, ele materializou no local vários soldados robôs que começaram a destruir o lugar.

Com o projeto de teletransporte concluído, o pai de Hiromu decidiu usar o teletransportador do Centro de Pesquisas para teletransportar o próprio centro para o hiperespaço, levando consigo todos os soldados e os pesquisadores.

Naquele dia, Hiromu, Yoko e Ryuuji, que ainda eram crianças, estavam no Centro de Pesquisas. Para salvá-los, o pai de Hiromu, de alguma forma ainda não explicada, instalou os programas nos três. Assim eles escaparam, junto a seus respectivos Buddyroids, e o teletrantransporte foi feito.

Enquanto Hiromu conseguiu aguentar perder seus pais, Yoko, que era a menor dos três, começou a chorar. Nesse instante, Hiromu promete a ela que um dia eles veriam seus pais denovo.

Voltando ao presente, os Go-Busters voltam para a base e novamente são convocados para uma missão. Desta vez, os Vagras criaram um novo robo, o Burneroid, enquanto preparam o teleporte de mais um Megazord.

A porradaria  está prestes a começar, mas antes disso, a Yoko pergunta  outra vez ao Hiromu porque ele luta como Go-Buster, se isso ia contra o que a irmã dele queria. Hiromu responde que no passado ele fez uma promessa que ele deveria cumprir. E essa é justamente a promessa que ele fez a ela, no dia em que perderam seus pais.

Yoko fica feliz de saber que Hiromu ainda se lembrava disso e os três partem para destruir os inimigos. Os três trabalham em grupo e destróem Burneroid.  Os Buster Vehicles saem pela primeira vez juntos da base. Enquanto o Red Buster encara o Megazord no CB-01, os outros impedem que as pessoas aos redor se machuquem. O veículo do Blue Buster, GT-02, recolhe os carros das pistas e o helicóptero da Yellow Buster, RH-03, joga pó químico para apagar os incêndios.

Ao termino da missão, Hiromu comenta, de dentro do seu robô, que Yoko tem a cara mais redonda do que ele lembrava, e que ela deveria largar um pouco os doces. Mais uma vez Yoko se enfurece e metralha o robô de Hiromu com sua nave.

>>COMENTÁRIOS

Mais referências à Power Rangerrs foram vistas no segundo episódio. Tenho a impressão que veremos ainda mais nos próximos episódios.

O vírus Messiah que atacou o laboratório lembra muito o vírus Vendix que acabou com a população da Terra no plot de Power Rangers RPM. Os Busters ganharam “poderes de X-men” que eram vistos na maioria da temporadas de Power Rangers da era Disney. E como já foi visto no primeiro episódio, as lutas dos robôs gigantes agora são gravadas à luz do dia, assim como os poucos episódios de Power Rangers que tinham cenas de robô.

Go-Busters com poderes “Power Rangers”

Outra analogia que pode ser feita é que no Power Rangers, tinhamos uma cabeça gigante, que parecia um holograma, enviando guerreiros e seus Megazords para proteger os humanos. Em Go-Busters, temos outra cabeça gigante, que também é um holograma, mas que envia seus Megazords para destruir os humanos. O que será que a Toei quis dizer com isso? Seria alguma trollada aos Power Rangers?

Cenas de maquete à luz do sol!

Um fato que acheu interessante é que durante as cenas de luta entre os gigantes, a Toei está fazendo de tudo para deixar com aspecto mais realista, colocando os robôs de fundo numa imagem real da cidade, e como eu já havia dito, gravando as cenas de maquete e veículos à luz do dia.

Robôs inseridos numa tomada real!

E mesmo que seja visível o uso de “CGs baratas” em cenas gravadas em ruas reais, elas parecem estar sendo feito com um pouco mais de cuidado do que se via há alguns anos.

Cenas com muito After Effects!

Como os vilões no passado foram teleportado juntos com o Centro de Pesquisa, descobre-se o motivo deles conseguirem enviar novos robôs do hyperespaço para a terra.  Inclusive, é por isso que o Departamento de Energia consegue saber quando os inimigos estão enviando um Megazord, pois a tecnologia de teletransporte era deles.

Eu ainda não me conformo que nos créditos finais os  Busters e todos os funcionarios do Departamento de Energia tenham que dançar… Não é tão tosco quando foi em Magiranger, mas poderia não existir… E pensar que isso começou com Abaranger (aba-aba-aba-aba-abarenjaa…)

———

Bom é isso aí, semana que vem tem mais comentários. Espero que vocês gostem. Comentem o que vocês estão achando, se está bem informativo, se está muito longo, se está legal ou se está chato.

It´s Morphin Time!

5 Respostas

  1. Vinicius Prado

    Cara. bem legal a sua critica, apesar de muitos comentarios que li na internet, de dizer que esse sentai está diferenciado dos outros, eu ainda vejo que apesar de diferenciado dos outros está realmente puxando muita coisa dos Power Rangers… não precisaria ser “It’s Morphin Time” a frase de transformação, né? nem mesmo se chamarem Megazords os robôs inimigos… Isso soôu falta de criatividade pra mim, pois no japão os Power Rangers também eram transmitidos (em outro canal, mas eram) então que assistiu na época vai na hora achar que é cópia.

    Mas confesso que uma coisa que achei muito legal é esse negócio de gravar as cenas das maquetes sob luz do dia, e que também a mistura entre cenas da cidade de verdade e as cenas de Cenário em miniatura ficaram bem mais realistas, acredito que se os Gokaiger tivessem usado essa técnica teria ficado muito mais legal.

    Outro ponto super maneiro é o uniforme deles. Muito legal substituir o (já passado) cetim sintético por algo semelhante a couro e as viseiras dos capacetes ficaram bem mais interessantes com as cores estilo óculos de atleta do triatlon..

    No mais cara, ta de parabéns!!!

    Até!

    08/04/2012 às 1:23 AM

    • seixaokaura

      Valeu pelo comentário. Eu estou curtindo o Go-Busters.
      Na verdade. Power Rangers nem sempre passa no Japão. Apenas algumas temporadas são exibidas. Atualmente estão passando SPD.
      Em Go-Busters, essa parada de “its morphin Time” e “Megazord” nada mais é que uma homenagem aos Power Rangers, que também estão fazendo aniversário. Da mesma forma que em Power Rangers já apareceram muitas referências a Super Sentai. Não é falta de criatividade, as séries bebem da mesma fonte. E espero que em breve eles façam um crossover! Ia ficar muito bom ver Gokaiger numa temporada futura de Power Rangers Piratas!
      Abraço!

      08/04/2012 às 2:32 AM

  2. Vinicius Prado

    Ah sim, queria ver Gokaiger também, mas como eles justificariam os sentais que vieram antes de ZyuRangers? Aí tem mesmo que abusar da criatividade!

    09/04/2012 às 7:10 PM

  3. Mateus Nascimento

    amei seus comentários, já que é uma pena eu não ver os episódios, ler o resumo que vc faz é muito bom também! Continue assim.

    29/04/2012 às 5:48 PM

    • seixaokaura

      Valeu cara! Além de ver estou tentando analisar os episódios, já que essa série tem se diferenciado bastante das demais. Até o fim dessa semana, trarei o terceiro episódio também. Apesar de eu não querer tornar esse blog um centro de downloads, estou estudando a possibilidade de postar Go-Busters em formato rmvb ou mp4. Em breve teremos novidades!

      02/05/2012 às 9:10 PM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s